Pular para o conteúdo principal

Instituto Rogacionista Anibal Difrancia - Albergue Zancone em Brasília

Caravana/Manifesto em Brasília
MNPR – Movimento Nacional População de Rua
Data: 23/08/10 a 25/08/10
O Instituto Rogacionista Anibal Difrancia – Albergue Zancone compareceu em apoio ao manifesto e em prol de melhorias no atendimento a população em situação de rua. Segue abaixo o relatório.

A caravana (4 ônibus) saiu de São Paulo por volta das 17hs do dia 23/08 e chegou em Brasília por volta das 09hs do dia 24/08. Na Esplanada dos Ministérios a caravana de São Paulo se juntou com as demais de outras cidades como: Curitiba, Salvador, Fortaleza, Belo Horizonte, etc. Estavam presentes pouco mais de 600 manifestantes.
O primeiro ato foi apresentação cultural e artística dos próprios manifestantes. Após apresentações saímos em marcha de frente a Catedral de Brasília até o prédio do Palácio do Planalto com gritos de manifesto em prol da População em Situação de Rua e faixas com dizeres como: “POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A POPULAÇÃO DE RUA”; “SOMOS CIDADÃOS E BRASILEIROS, NÃO SOMOS LIXOS”; “SONHAR, ACREDITAR, LUTAR, RESISTIR E VENCER”; etc.
Por volta das 13:30 hs fomos recebidos no Palácio do Planalto, pelo Chefe de Gabinete da Presidência, Gilberto Carvalho; Ministro dos Direitos Humanos, Paulo Vannuchi e a Ministra do Desenvolvimento Social, Márcia Lopes. O presidente do Movimento Nacional da População de Rua – MNPR, Samuel Rodrigues leu uma carta manifesto onde continha algumas reivindicações, como: melhorias nos centros de acolhidas para a população; uma parceria com o ministério do trabalho e habitação para dar um suporte ao albergado sair da situação de rua; a situação de violência que o morador de rua está sofrendo; cobrar os municípios para executar a Política Nacional que atende a população de rua; dar oportunidade de trabalho para o morador de rua na Copa de 2014 no Brasil como agente de turismo; etc. Após a leitura da carta cada representante de cada cidade falou sobre sua realidade local. Em seguida o Padre Júlio Lancellotti reforçou a cobrança feita pelos representantes do Movimento, a Ministra Márcia Lopes comentou a respeito das falas dos manifestantes e o Chefe de Gabinete Gilberto Carvalho falou da importância do MNPR e que suas reivindicações serão avaliadas com atenção e que o MNPR foi o primeiro movimento a ser recebido no Palácio do Planalto após período de reforma de um ano.
O retorno da Caravana/Manifesto foi por volta das 18:30 do dia 24/08 e chegamos em São Paulo por volta das 11:00 do dia 25/08.












Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Instituto Rogacionista e o CRAS-Lapa têm a alegria de convidá-los para a celebração do primeiro aniversário do Núcleo Madre Nazarena - CCA Leopoldina.

Data: 01 de junho de 2011 Horário: 9 horas e 30 min Local: Rua Blumenau, 66 Vila Leopoldina 36419241 / 84030382

www.institutorogacionista.org.br madrenazarena@institutorogacionista.org.br

INSCRIÇÃO PARA OS CURSOS PROFISSIONALIZANTES

   Instituto Rogacionista - Os cursos Profissionalizantes

Cursos Profissionalizantes - Gratuitos!
Av. Santa Marina, 534 – Água Branca
Fone: 3611-0977-Gislaine

MELHORE SUA AUTOESTIMA, SUA MOTIVAÇÃO AO TRABALHO E SEU CURRÍCULO. O MUNDO DO TRABALHO ESPERA POR VOCÊ!
MATRÍCULA A PARTIR DO DIA 17 DE NOVEMBRO – para início em fevereiro de 2015
CERTIFICADO DO SENAI

Cursos Oferecidos:
Confeitaria (doces e salgados em geral)a partir de 16 anos até 59 anos
Elétrica (Auxiliar de Eletricista e Instalador) a partir de 18 anos até 59 anos
Informática (pacote Office)Windows, Word, Excel, etc. a partir de 15 anos até 59 anos

CENTRO DE CONVIVÊNCIA SÃO LUCAS PROMOVE A "SEMANA POR ELAS MESMAS" COM DIREITO A ARTE NO JARDIM!

Seguindo nosso objetivo de transformar vidas através da arte, na quinta feira (18), os educandos do Centro de Convivência São Lucas, realizaram atividades de pinturas, com um toque especial: Ao ar livre. A atividade é a continuidade do mês das crianças, e para estimular a criatividade os educandos de 6 a 8 anos, promoveram da semana, batizada “Por elas mesmas”, divididos em grupos puderam opinarem e fazer o planejamento das ações que seriam realizadas. Um dos grupos mencionou que gostaria de realizar pinturas no jardim, assim o desejo foi atendidos e os pequenos criaram suas artes e transferiram seus sentimentos nos pincéis, folhas e tintas.