Pular para o conteúdo principal

CEI SANTO ANÍBAL

Neste dia 15 de outubro nós do CEI Santo Aníbal, queremos agradecer todos os educadores pela a dedicação e carinho com nossos pequenos. 
Mensagem do dia.
" Aprendi com o Mestre dos Mestres que a arte de pensar é o tesouro dos sábios. Aprendi um pouco mais a pensar antes de reagir, a expor - e não impor - minhas idéias e a entender que cada pessoa é um ser único no palco da existência.

Aprendi com o Mestre da Sensibilidade a navegar nas águas da emoção, a não ter medo da dor, a procurar um profundo significado para a vida e a perceber que nas coisas mais simples e anônimas se escondem os segredos da felicidade.

Aprendi com o Mestre da Vida que viver é uma experiência única, belíssima, mas brevíssima. E, por saber que a vida passa tão rápido, sinto necessidade de compreender minhas limitações e aproveitar cada lágrima, sorriso, sucesso e fracasso como uma oportunidade preciosa de crescer.

Aprendi com o Mestre do Amor que a vida sem amor é um livro sem letras, uma primavera sem flores, uma pintura sem cores. Aprendi que o amor acalma a emoção, tranquiliza o pensamento, incendeia a motivação, rompe obstáculos intransponíveis e faz da vida uma agradável aventura, sem tédio, angústia ou solidão. Por tudo isso Jesus Cristo se tornou, para mim, um Mestre Inesquecível"




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DISTRIBUIÇÃO SACOLAS MATERIAIS PEDAGÓGICOS – CEI ANÍBAL DI FRANCIA

O Centro de Educação Infantil Aníbal Di Francia, realizou no dia 06 de julho, a distribuição das sacolas com materiais pedagógicos para as crianças desenvolverem as atividades em casa. Olha a felicidades das crianças.
O Instituto Rogacionista e o CRAS-Lapa têm a alegria de convidá-los para a celebração do primeiro aniversário do Núcleo Madre Nazarena - CCA Leopoldina. Data: 01 de junho de 2011 Horário: 9 horas e 30 min Local: Rua Blumenau, 66 Vila Leopoldina 36419241 / 84030382 www.institutorogacionista.org.br   madrenazarena@institutorogacionista.org.br

XIPÁ É BASE DOS QUITUTES NA OFICINA DO PROJETO MUDANÇA DE HÁBITOS ALIMENTARES

A culinária indígena possui sabores muito particulares, o tradicional xipá – massa frita feita com farinha de trigo, água e sal é consumido diariamente em vários momentos das refeições.   Durante a oficina do Projeto “Mudança de Hábitos Alimentares”, foi dia de aprender a fazer quitutes, a nutricionista Lúcia Martinez, ensinou a fazer pastel, coxinhas, esfirras, pastelão de frango, pão enrolado com queijo e presunto e torta de legumes com as massas feitas com a base no xipá e reaproveitando todos os alimentos.